sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Separados à nascença?

Às vezes vemos duas personalidades e rapidamente associamos uma à outra, quer pela profissão, quer por convicções religiosas ou políticas, quer pela sua relevância na vida do país.
Noutras situações vemos duas personalidades e ficamos com a ideia  que não têm nada que as ligue! 


Jorge Rosário Teixeira é um Procurador do Ministério Público, já exerceu de diretor adjunto da Polícia Judiciária, mas não é por isso que é uma personalidade mediática. Rosário Teixeira é o responsável pela investigação da Operação Marquês...


Já João Varandas Fernandes é um reputado cirurgião na área da ortopedia, no entanto quase todos o reconhecem no papel de vice presidente do SL Benfica.
À primeira vista pouco ou nada une estas duas personalidades, mas será mesmo assim?
Rosário Teixeira não acredita na generosidade desinteressada do amigo do Zé...
Também Varandas Fernandes não acredita na generosidade desinteressada do amigo invisível do Chico...
Ao final de contas nem Teixeira nem Fernandes acreditam em almoços grátis...terão sido separados à nascença?

Sem comentários:

Enviar um comentário