domingo, 2 de setembro de 2018

Às vezes vejo vozes e ouço coisas...

Ontem e hoje, apesar do tempo soalheiro que brindou o nosso Portugal, muitos dos alfacinhas passaram o seu fim de semana de coração nas mãos, temendo fortes inundações na baixa da capital!
Esse temor devia-se ao enorme caudal de lágrimas vertidas pelo encerramento de uma icónica pastelaria instalada desde 1922 no Rossio...
A famosa "Pastelaria Suiça" fechou portas, e mesmo que 90% dos lisboetas não tivessem carteira para a frequentar, toda a gente lamentou o seu desaparecimento, consequência da compra do edifício onde estava instalada por parte de um fundo de investimento.


O impacto na sociedade alfacinha foi tal que um senhor de Lisboa, filho de um senhor de Lisboa e neto de uma senhora de Celorico de Basto e de um senhor de Cabeceiras de Basto foi lá na passada sexta-feira fazer uma refeição de despedida!
Mas não pensem que o senhor de Lisboa, filho de um senhor de Lisboa e neto de uma senhora de Celorico de Basto e de um senhor de Cabeceiras de Basto apenas vai a despedidas de espaços mais ou menos conotados com a elite alfacinha...


Por exemplo, quando a Triumph encerrou o senhor de Lisboa, filho de um senhor de Lisboa e neto de uma senhora de Celorico de Basto e de um senhor de Cabeceiras de Basto estava lá...


E mesmo quando a RICON fechou portas o senhor de Lisboa, filho de um senhor de Lisboa e neto de uma senhora de Celorico de Basto e de um senhor de Cabeceiras de Basto estava lá!
Até há quem diga que no dia que o Benfica cumprir o jogo à porta fechada o senhor de Lisboa, filho de um senhor de Lisboa e neto de uma senhora de Celorico de Basto e de um senhor de Cabeceiras de Basto estará lá...
Mesmo os mais afoitos afirma com convicção que se um dia o Night Club Elefante Branco fechar, o senhor de Lisboa, filho de um senhor de Lisboa e neto de uma senhora de Celorico de Basto e de um senhor de Cabeceiras de Basto estará lá para beber o último copo...
Não sei se foi ou se será mesmo assim...mas eu às vezes vejo vozes e ouço coisas...

1 comentário: