segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Uma espécie de Santa Casa...

Pedro Santana Lopes, um ilustre militante do Partido Social Democrata, informou por carta o líder do partido, Rui Rio, com quem disputou a liderança há poucos meses, o fim da sua militância social democrata.


Depois de vários avanços e recuos, parece que finalmente Santana Lopes vai criar um partido liberal.
Outro ilustre social democrata, Marcelo Rebelo de Sousa, já manifestou o seu desacordo, lembrando que mesmo que se discorde algumas vezes, a identidade partidária não muda ou se perde...
Ainda antes da criação do partido, as empresas de sondagens avançam com estimativas de quantos eleitores este partido tirará aos outros partidos...
Facilmente se percebe que aqueles eleitores do PPD-PSD que votam na seta que aponta o céu, de onde tudo nos é dado, irão correr a votar no Pedro...
Também os eleitores do PS que se sintam mais Seguros podem pender para o lado da novidade...
Na mesma senda seguirão os eleitores do PC que são vegetarianos uma vez que comer criancinhas ao pequeno almoço não é bem a sua onda...
Do mesmo mal não se livrará o CDS-PP já que aqueles que detestam o ambiente das feiras não perderão esta oportunidade de embarcar num partido muito mais "in"...
Claro que o mesmo caminho seguirão os eleitores do BE com um saldo bancário médio superior a 100 000 €...
Desta debanda apenas se livrará o PCTP-MRPP a quem Arnaldo já explicou via twitter que o novo partido é outro "putedo" pegado!
Com todas estas dissidências o novo partido corre o "risco" de ganhar uns trocados...


Os partidos em Portugal têm direito a uma subvenção estatal anual de 3,15 € por cada voto conseguido...e ao contrário do que muitos pensam, não têm que ter representação parlamentar...basta que tenham obtido um mínimo de 50 000 votos mesmo que dispersos pelos mais diversos círculos eleitorais...
Assim, a criação de um partido político com sucesso não é uma aventura, mas sim uma espécie de Santa Casa em que o apostador aposta mas nunca ganha!
Resta saber se Santana Lopes será o líder do partido ou o provedor...

Sem comentários:

Enviar um comentário