quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Clássicos...desconstruídos...Os Três Porquinhos

Um dos formatos televisivos que mais sucesso tem nos dias que correm são os concursos de culinária.
Quem nunca viu o Masterchef? Desde a versão australiana, à brasileira e claro: a portuguesa!
Em todas estas versões um termo entrou no nosso léxico culinário: desconstruir!
Desconstruir não mais do que reinventar aqueles pratos clássicos, mantendo a essência do mesmo, os ingredientes mas dando-lhe uma nova roupagem, na maioria dos casos bem mais atraente!
Mas não são só os clássicos da culinária que se podem desconstruir, também o podemos fazer por exemplo com um conto.
Um dos contos que merece o título de clássico é a história dos "Três Porquinhos".
O conto "Os Três Porquinhos" é um clássico inglês que se presume com origem na tradicional oral,  recuperada e publicada no século XIX por Joseph Jacobs.
No conto original Fifer, Fiddler e Pratical são três porquinhos que cedo se decidem emancipar da sua mãe e irem viver sozinhos!
Claro que para viverem sozinhos, os porquinhos tinham que construir as suas próprias casas... 
Fifer como preguiçoso que era resolveu construir uma cabana de palha!
Fiddler era menos preguiçoso, mas um pouco boémio,  fez uma cabana maior com tábuas mas sem pregos...
Já Pratical era o mais sensato dos três irmãos, com paciência e muito trabalho construiu uma casa em tijolo e cimento.
Um certo dia chegou o lobo mau e como gostava de porquinhos resolveu destruir a cabana de Fifer, soprou e toda a palha voou...e Fifer para se salvar correu para casa de Fiddler!
Ora o lobo mau resolveu derrubar a cabana de Fiddler, soprou uma vez e a cabana aguentou, mas quando soprou a segunda vez com mais pujança, as tábuas caíram como um castelo de cartas...e os dois porquinhos correram até à casa de Pratical...
Claro que o lobo mau não desistiu do desejado repasto e tentou derrubar a casa de tijolo, ora como não conseguia com o seu sopro, resolveu entrar pela chaminé...mas não contava que a lareira estivesse acesa!
O lobo mau queimou-se, fugiu e os três porquinhos viveram felizes para sempre!


Mas será possivel reinventar um clássico como "Os Três Porquinhos"?
Claro que sim, e aposto que muitos já viram na televisão o conto reinventado!
Tal como no original Fifer construiu uma cabana de palha, mas até nem morava lá...
Também Fiddler construiu uma cabana com tábuas, mas já há alguns anos que tinha abandonado a mesma... 
À imagem do original, Pratical construiu a sua casa com tijolos e cimento...
Um dia chegou um lobo muito muito mau! Como no conto original atacou a cabana de palha que Fifer tinha abandonado e destruiu-a ...
Atacou a cabana que Fiddler tinha deixado há uns anos e arrasou o pouco que restava das tábuas...
Como era um lobo muito muito mau atacou a casa de Pratical e conseguiu estragar-lhe o telhado...
Ao final de alguns dias o lobo foi-se embora...
Fifer e Fiddler voltaram muito preocupados com as cabanas que tinham abandonado...foram ter com um amigo chamado Valdemar que se prontificou a ajudar os porquinhos...desde que mudassem o seu domicílio fiscal para as antigas cabanas...
E muito depressa chegaram os trabalhadores que no local onde estavam as cabanas construiriam casas de tijolo e cimento!
Quanto a Pratical,  ainda hoje está  a arranjar o telhado da casa que nunca abandonou...porque sensato ele é...mas não é amigo do Valdemar...

Sem comentários:

Enviar um comentário