quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Dá para fazer mais uma campanha?

A defesa dos consumidores deve em primeiro lugar ser uma obrigação do Estado, no entanto em Portugal essa tarefa é desenvolvida principalmente pela DECO, uma associação de defesa do consumidor.


Criada em Fevereiro de 1974, ainda antes da revolução de Abril, a DECO assume-se como representante e defensora dos consumidores portugueses...desde que sejam seus associados...
Os esclarecimentos da DECO nas televisões são quase diários e versam sobre quase todas as áreas de consumo, desde o comércio tradicional, aos serviços de comunicações, aos seguros e até ao comércio on-line.
Por exemplo, a DECO intentou uma ação em tribunal contra o todo poderoso Facebook por causa da partilha e venda ilegal de dados que a empresa detentora desta rede social fazia!
Em questões que nos são mais próximas a associação lançou uma campanha a incentivar os contribuintes a solicitarem à Autoridade Tributária a reavaliação dos prédios e consequentemente atualizar os valores de IMI que quase todos pagámos.


Por estes dias a DECO lançou uma campanha em forma de carta aberta ao governo para que seja reposta a taxa de IVA de 6% na eletricidade e no gás doméstico, uma vez que são bens de primeira necessidade.
É uma campanha mais do que justificada, uma vez que desde a intervenção da troyka que estes bens são taxados da mesma forma que qualquer outro bem não essencial por mais luxuoso que ele seja.
Outra das áreas de intervenção da associação de defesa do consumidor é o setor das vendas por telefone e as suas práticas agressivas...
E será a DECO não poderia lançar uma campanha a este propósito? Por exemplo contra uma associação que liga muitas vezes a muitos portugueses a propor a assinatura da revista DECO Proteste, ou a angariar sócios para a DECO com "ofertas"  de smartphones ou até mesmo a vender seguros de saúde para os titulares de cartão da DECO com inúmeras vantagens ....

terça-feira, 28 de agosto de 2018

As dúvidas da justiça

Com a massificação do acesso à informação tornou-se hábito dos meios de comunicação social acompanhar os casos de polícia sejam eles mais ou menos mediáticos.
Muito se pode discutir sobre o interesse desse tipo de notícias, sobre a invasão da esfera privada das vítimas e dos familiares ou até mesmo sobre o limite da informação!
Claro que se o caso for daqueles  com direito a especiais e debates durante uma semana,  obviamente que os mais diversos jornais e canais de televisão irão acompanhar todas as audiências de julgamento até à sentença! 


Vamos então abordar o assunto no ponto de vista do ilícito criminal.
Segundo o ordenamento penal português para que exista um crime, a ação tem que ser necessariamente culposa.
Muitas das vezes somos surpreendidos quando acompanhamos este tipo de notícias com absolvições improváveis ou algumas vezes com aplicações de medidas de segurança que em muito diferem das condenações comuns.
Uma situação muito comum que conduz a esse tipo de desfecho é a inimputabilidade. 
Ora, inimputável é aquele incapaz de culpa.
Em Portugal é há duas razões de inimputabilidade:
A idade e a anomalia psíquica.
A inimputabilidade em razão da idade aplica-se aos menores de 16 anos, já em razão de anomalia psíquica aplica-se a quem devido a essa anomalia não sabe distinguir o licito do ilícito ou que sabe distinguir  mas que não se consegue controlar .
Esta exclusão de culpa aplica-se ao momento do ilícito e àquele crime em concreto, ou seja uma determinada anomalia psíquica pode excluir a culpa de um pirómano e não excluir a culpa do mesmo individuo perante um crime de condução ilegal.
Quando se fala de inimputabilidade em razão de anomalia psíquica  podemos estar a falar de uma situação temporária devida por exemplo a um estado de embriaguez...
Dito assim pode parecer fácil, mas no dia a dia não é assim tão linear.
Um caso prático:
Um indivíduo, aparentemente padecendo de demência e com 80 mil amigos imaginários, resolve entrar nas instalações de uma determinada agremiação, garantindo que é o presidente da mesma, apesar de estar impedido de lá entrar. Nessa mesma altura outro individuo, sócio da referida agremiação, aparentemente embriagado,    surge no exterior das instalações e ameaça o primeiro com duas bufatadas...
Aparentemente estamos perante dois ilícitos praticados por cada um dos indivíduos... 


Mas será algum deles imputável? 

domingo, 26 de agosto de 2018

Espanha também conta?

Quase a terminarem as férias de Verão, os partidos políticos preparam o regresso com a chamada rentrée. O termo em si é engraçado, dá ideia de querer cativar para estas festarolas os Jeans Pierres que animam o nosso recanto nesta altura do ano.
Mas com mais piada que a palavra rentrée, só as ideias que saem da boca dos lideres partidários...


António Costa anunciou com pompa e circunstância uma redução do IRS para os emigrantes que queiram regressar.
Acho que nenhum português pode dizer que é contra os emigrantes, contra o seu regresso ou contra medidas que sirvam para  o incentivar.
Mas vamos às medida em si: 
Esta medida destina-se a todos que emigraram entre 2011 e 2015, independentemente da profissão e das habilitações, que decidam regressar a Portugal entre 2019 e 2020;
Estes emigrantes que regressem terão, supostamente, uma redução de 50% no IRS num período de 3 a 5 anos;
Os emigrantes que beneficiem desta medida também poderão deduzir em sede fiscal a totalidade das  despesas de reinstalação e regresso.
As medidas em si não parecem más...mas e aqueles que decidiram ficar? Aqueles que foram obrigados a ficar? Aqueles que não puderam emigrar? Será que esses têm que pagar a taxa de IRS na sua totalidade? 
Parece que aqueles que escolheram ficar não têm nenhum mérito e não merecem qualquer benefício...
Já agora, eu há uns tempos durante o trabalho entrei em Espanha para inverter a marcha à viatura do trabalho...conta como emigração? Dava tanto jeito pagar menos IRS...

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Clássicos...desconstruídos...Os Três Porquinhos

Um dos formatos televisivos que mais sucesso tem nos dias que correm são os concursos de culinária.
Quem nunca viu o Masterchef? Desde a versão australiana, à brasileira e claro: a portuguesa!
Em todas estas versões um termo entrou no nosso léxico culinário: desconstruir!
Desconstruir não mais do que reinventar aqueles pratos clássicos, mantendo a essência do mesmo, os ingredientes mas dando-lhe uma nova roupagem, na maioria dos casos bem mais atraente!
Mas não são só os clássicos da culinária que se podem desconstruir, também o podemos fazer por exemplo com um conto.
Um dos contos que merece o título de clássico é a história dos "Três Porquinhos".
O conto "Os Três Porquinhos" é um clássico inglês que se presume com origem na tradicional oral,  recuperada e publicada no século XIX por Joseph Jacobs.
No conto original Fifer, Fiddler e Pratical são três porquinhos que cedo se decidem emancipar da sua mãe e irem viver sozinhos!
Claro que para viverem sozinhos, os porquinhos tinham que construir as suas próprias casas... 
Fifer como preguiçoso que era resolveu construir uma cabana de palha!
Fiddler era menos preguiçoso, mas um pouco boémio,  fez uma cabana maior com tábuas mas sem pregos...
Já Pratical era o mais sensato dos três irmãos, com paciência e muito trabalho construiu uma casa em tijolo e cimento.
Um certo dia chegou o lobo mau e como gostava de porquinhos resolveu destruir a cabana de Fifer, soprou e toda a palha voou...e Fifer para se salvar correu para casa de Fiddler!
Ora o lobo mau resolveu derrubar a cabana de Fiddler, soprou uma vez e a cabana aguentou, mas quando soprou a segunda vez com mais pujança, as tábuas caíram como um castelo de cartas...e os dois porquinhos correram até à casa de Pratical...
Claro que o lobo mau não desistiu do desejado repasto e tentou derrubar a casa de tijolo, ora como não conseguia com o seu sopro, resolveu entrar pela chaminé...mas não contava que a lareira estivesse acesa!
O lobo mau queimou-se, fugiu e os três porquinhos viveram felizes para sempre!


Mas será possivel reinventar um clássico como "Os Três Porquinhos"?
Claro que sim, e aposto que muitos já viram na televisão o conto reinventado!
Tal como no original Fifer construiu uma cabana de palha, mas até nem morava lá...
Também Fiddler construiu uma cabana com tábuas, mas já há alguns anos que tinha abandonado a mesma... 
À imagem do original, Pratical construiu a sua casa com tijolos e cimento...
Um dia chegou um lobo muito muito mau! Como no conto original atacou a cabana de palha que Fifer tinha abandonado e destruiu-a ...
Atacou a cabana que Fiddler tinha deixado há uns anos e arrasou o pouco que restava das tábuas...
Como era um lobo muito muito mau atacou a casa de Pratical e conseguiu estragar-lhe o telhado...
Ao final de alguns dias o lobo foi-se embora...
Fifer e Fiddler voltaram muito preocupados com as cabanas que tinham abandonado...foram ter com um amigo chamado Valdemar que se prontificou a ajudar os porquinhos...desde que mudassem o seu domicílio fiscal para as antigas cabanas...
E muito depressa chegaram os trabalhadores que no local onde estavam as cabanas construiriam casas de tijolo e cimento!
Quanto a Pratical,  ainda hoje está  a arranjar o telhado da casa que nunca abandonou...porque sensato ele é...mas não é amigo do Valdemar...

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Polivalente

A polivalência e a capacidade de adaptação é uma qualidade cada vez mais apreciada quer no meio laboral, quer em qualquer outra vertente da vida social.
Qualquer indivíduo que tenha competências para desenvolver diversas atividades com um nível de eficácia elevado tem sempre o seu futuro garantido.
Por exemplo, nos diversos canais televisivos de índole noticiosa, vemos comentadores com capacidade para opinar com conhecimento de causa nos mais diversos acontecimentos.
Um desses comentadores polivalentes que de há um ano para cá nos tem elucidado é Ricardo Ribeiro.



Ricardo Ribeiro é, além de comentador habitual nos diversos canais televisivos, presidente da ASPROCIVIL (Associação Portuguesa dos Técnicos de Segurança e Proteção Civil) e Comandante dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos.
Mas hoje não foi no papel de comentador que Ricardo Ribeiro apareceu nos noticiários televisivos. No papel de Comandante dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos, acompanhado do não menos mediático Isaltino Morais, edil de Oeiras, Ricardo Ribeiro apresentou ao país o primeiro drone salva vidas.



Na praia de Santo Amaro de Oeiras foi apresentado um drone que pode lançar uma bóia a algum banhista em apuros.
Além disso  o aparelho não tripulado lança avisos para que os banhistas se protejam do sol, coloquem protetor solar ou que sigam os conselhos de segurança!
Mas o jeito de Ricardo Ribeiro para lidar com drones não é de hoje...


Ao que parece, e a crer na reportagem da RTP, já na semana passada Ricardo Ribeiro lidava com um drone...
Segundo alguns elementos dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos, o senhor Comandante/comentador/presidente de ASPROCIVIL pretende adquirir um drone para a corporação, que por sinal há cerca de um mês e meio que não dispõe de água quente nas instalações sanitárias...
Também segundo a mesma reportagem o teste correu mal e o aparelho embateu num poste de eltricidade provocando um incêndio que obrigou ao corte da A5...
Desta vez  o polivalente Ricardo Ribeiro, talvez por não estar na presença das câmaras de televisão nem de Isaltino Morais, deu o alerta da situação e abandonou o "teatro de operações" sem sequer comentar...

sábado, 18 de agosto de 2018

Os nossos bonecos!

Em março de 1959 surgiu pela mão da empresária Ruth Handler a mais icónica das bonecas: a Barbie!
Inspirada na boneca alemã Bild Lili e comercializada pela Mattel, a Barbie passou desde essa data a ser uma presença quase obrigatória no quarto das bonecas de grande parte das meninas.
Ao contrario das bonecas criadas até essa altura, que simplesmente representavam crianças, a barbie representa uma mulher adulta com as proporções tidas por perfeitas.
E o conceito é simples: a mesma boneca "veste" diversas personagens, consoante a época, o país ou a inspiração.
Os trajes mexicanos, chilenos, jamaicanos, franceses ou italianos serviram para criar outras tantas edições especiais da Barbie.
Também atrizes como por exemplo Marilyn Monroe serviram para dar "vida" a novas Barbies.
Juntamente com a Barbie surgiram as amigas, os irmãos mais novos e claro, um namorado : o não menos icónico Ken! 
Mas será este tipo de personagem multifacetado um exclusivo da Mattel?
Claro que não, também no nosso país se produzem bonecos que se adaptam a quase todas as situações...


No largo do Rato foi lançado há uns anos o Zé. Entre os mais vendidos aparecem o candidato, o engenheiro, o escritor e o atleta. No entanto foram lançadas as versões do Zé estudante de filosofia, do Zé gajo e a do Zé um beirão em Évora. 
Estas últimas, dada a enorme procura, esgotaram rapidamente! 


Também as indústrias de Vila Nova de Poiares lançaram com enorme sucesso o Jaime. Os mais vendidos estão o coiso da mesa, disponível apenas nas lojas de Alvalade; o chorão, apenas disponível num quiosque à saída do Ministério da Administração Interna; o pai do vendedor, disponível por encomenda na Liga dos Bombeiros e o dinossauro, disponível numa loja na São Caetano à Lapa.
Alguns museus e lojas da especialidade dispõe de algumas versões do Jaime destinadas a colecionadores tal como o deputado, o chefe da fanfarra ou o confrade da chanfana!


Já os estúdios de Carnaxide aproveitaram os êxitos televisivos e lançaram o José com especial relevância para o patinhas, o labaredas, o sonhador e o avec.
Atendendo ao sucesso, os referidos estúdios têm lançado sazonalmente edições especiais, disponíveis mediante subscrição nos operadores de televisão por cabo. 
Entre estas destacam-se o José especialista em pontes, José o general e  José o moço de recados...

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Cópia???

No panorama artístico nacional já estamos habituados a quase tudo, quase tudo serve para captar a atenção do público ávido de algo diferente.
De Zé Cabra a Maria Leal, passando pelo clã Carreira a "música" portuguesa não pára de nos surpreender!


Há dias, muitos de nós fomos apanhados de surpresa com as imagens de uma viatura a Policia de Segurança Pública no último video-clip de David Carreira com diversos figurantes sentados em cima do automóvel.
Em pouco tempo a imagem tornou-se viral e provocou a indignação no meio  policial e não só, pelo desrespeito pela instituição PSP que o "quadro" acarreta.
Prontamente a Direção Nacional da PSP esclareceu que a viatura foi alugada à produtora apenas para efeitos cénicos e que tal não pressupunha filmagens com pessoas sentadas em cima da mesma... 
Dias depois o cantor voltou a gerar polémica ao gravar um video saíndo do seu carro em andamento, à imagem do mais recente, e parvo, desafio da internet!


Mas poderia a polémica com a música "O Problema é que ela é linda", a tal do clip com a viatura da PSP, ficar por aqui?
Claro que não...e afinal a música parece que é um plagio da música "Foda que ela é linda" do grupo brasileiro 3030 & Tifli CamCam...
Mas, e mesmo sendo um Carreira, será que foi ele o primeiro a copiar?
Não!
Fundada em 1949, a FAMEL lançou em 1975 a icónica XF 17 que produziu até meados da década de 90!





Será que os êxitos dos 3030 e de David Carreira não são apenas cópias foleiras de "Foda-se A Mota É Linda"?

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Irmãos? Sim, gémeos!

Quando em Abril de 1500 Pedro Alvares Cabral  descobriu ou achou as terras de Vera Cruz (Brasil) ninguém imaginaria a ligação que Portugal e Brasil iriam passar a ter.
O Império dentro do Império iria ao longo destes séculos influenciar a vida dos portugueses e ser também marcado para sempre pelos portugueses. 
Poderíamos falar de futebol, telenovelas, comida ou emigração,mas a designação de "país irmão" é talvez o epíteto que melhor define Portugal e Brasil.
Já notaram por exemplo que Portugal e Brasil são independentes em resultado da rebeldia de um filho contra a mãe, no caso português e de um filho contra o pai no caso do Brasil?

Mas será que em 2018 podemos dizer que Portugal e Brasil são países irmãos?


Claro que sim! Gémeos!

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Futuro Profissional

Numa altura do ano em que muitos estão de férias, outros decidem muito do seu futuro no que respeita à vida profissional.
Nesta altura do ano muitos estudantes que concluíram o ensino secundário escolheram o curso que vão frequentar no ensino superior com o intuito de um futuro melhor.


Importa na hora da escolha em primeiro lugar escolher uma profissão que nos realize, no entanto é também muito importante que essa escolha corresponda a uma franja de mercado que garanta empregabilidade.
Os cursos ligados às novas tecnologias têm nos últimos anos garantido emprego aos recém licenciados.
Mas as escolhas não ficam por aqui e o setor do marketing ou o setor dos cuidados a terceiros parecem ser nos próximos tempos apostas acertadas.
Mas se uns escolhem olhando um horizonte de uma ou duas décadas à frente, há sempre quem veja mais além...
Luís Militão tem neste momento 48 anos e sim é o dos acimentados...


Luís Militão foi condenado em 2001 pelo homicídio de seis portugueses em Fortaleza (Brasil) a uma pena de prisão de 150 anos!
Mas não é isso que faz Militão desistir do futuro...e neste momento estuda para ser professor...
Pensar numa profissão para daqui a 133 anos não é ilusão, é visão de futuro! 

domingo, 12 de agosto de 2018

Pequenas diferenças

Há vários anos que os países da NATO asseguram o patrulhamento do espaço aéreo dos países do Báltico.
Portugal juntamente com a Espanha e com a França asseguram neste momento esta missão, que esta semana ficou marcada por um incidente grave.



Na passada terça-feira dia 7, um caça espanhol (Eurofighter Typhoon) disparou por engano um míssil ar-ar (Amraam) numa dessas missões de patrulhamento na Estónia. 
O uso deste tipo de armamento por engano é só por si grave, e o facto do disparo ter ocorrido a cerca de 100 km da fronteira da Rússia ainda mais delicada torna a situação.
Os peritos já concluíram que não ocorreu nenhum erro no software do avião, pelo que a hipótese de erro humano é praticamente uma certeza!
Para ajudar à "festa" o míssil ainda não foi encontrado, e apesar de dispor de um mecanismo de autodestruição, não está afastada a hipótese de ter chegado ao solo.
A somar a tudo isto, uma vez que foi disparado sem um alvo definido, o míssil poderia ter atingido uma das outras aeronaves que na altura participavam na missão.


O incidente militar rapidamente assumiu caráter de incidente diplomático e a NATO decidiu por agora retirar os aviões espanhóis do policiamento do Báltico, entregando essa missão a Portugal e França.
Todos podemos ter a certeza que os militares portugueses levarão a bom porto esta missão, porque às vezes a eficácia e a segurança de uma ação reside nas pequenas diferenças: os espanhóis perdem o armamento depois de o utilizar...os portugueses às vezes perdem-no antes...

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

O Senhor Presidente sabia?

Nestes últimos dias ninguém ficou indiferente ao incêndio que voltou a pintar de negro a serra de Monchique.
Felizmente a situação parece controlada de forma definitiva, no entanto os opinadores de ocasião e comentadores especialistas em tudo ainda vão debitar teses e dissertações sobre incêndios durante alguns dias...




Rui Miguel André é o presidente da Câmara Municipal de Monchique e por isso um dos primeiros a ser confrontado com as dificuldades com que se debateu quem queria extinguir o incêndio o mais rápido possivel.
Ainda com o incêndio por controlar, Rui André dizia aos jornalistas que as autarquias têm poucos poderes na prevenção de fogos...
Pois...mas o Sr. Presidente sabia que tem na sua autarquia um "Gabinete Técnico Florestal" ? Pois, se calhar não sabia...mas não se preocupe, não é o único...
O Sr. Presidente sabia que o seu município tem um "Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios" ?
O Sr. Presidente sabia que é nesse plano que está definido por exemplo em que estradas, linhas elétricas, vias férreas ou gasodutos e em que ano têm de se efetuar as famosas limpezas (faixas de gestão de combustível) ? 
O Sr. Presidente sabia por isso que é sua Ex.ª que decide onde e quando a EDP, a REN, a Infraestruturas de Portugal, Brisa, AENOR, Autoestradas do Atlântico ou até mesmo a Câmara Municipal (sim...a entidade responsável pela maior extensão de rede viária em cada município) têm que cortar matos, podar e mondar árvores nas bermas? 
O Sr. Presidente sabia que é esse tal plano (ou seja sua Ex.ª) que define quais são os aglomerados populacionais, os parques de campismo ou os parques industriais em que as faixas de gestão de combustível têm que ser pelo menos de 100 metros ?
O Sr. Presidente sabia que no caso, dos particulares ou alguma das entidades que tenha a responsabilidade de fazer as tais limpezas, não as efetuar, cabe ao município essa tarefa, com a consequente cobrança das despesas ao incumpridor?  
Que grande parte dos cidadãos não saiba as competências e obrigações das autarquias em matéria de defesa da floresta contra incêndios é normal, ou que por tal desconhecimento,  enviem as fotografias das estradas com bermas por limpar para o "Correio da Manhã" ou publiquem no "Facebook" também é normal...
Mas o Sr. Presidente não saber...


É isto Sr. Presidente... os meninos também não comeram o "Tulicreme"...

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Toca o telefone a toda a hora...toca...toca...

Já há algum tempo que surgem queixas de demoras de atendimento no número nacional de emergência. 
Se nas redes sociais o assunto já era viral, na comunicação social ainda não tinha tido a repercussão devida.


Segundo vários órgãos de comunicação social, no passado domingo 173 chamadas para a linha de emergência ficaram por atender.
Segundo o jornal "i" no centro operacional do Sul do 112, que serve os distritos entre Santarém e Faro, dos 30 efetivos da PSP e 12 da GNR que servem neste centro, um quarto está de baixa médica e alguns de férias...
Parece mesmo que em algumas destas madrugadas estavam escalados 3 ou 4 elementos...
Ou seja, num turno de 8 horas, cada elemento atenderia entre 700 a 900 chamadas de emergência! 


Depois de ler estas notícias até estava a  ficar preocupado, no entanto e para alívio geral, a Direção Nacional da PSP veio negar o caos no centro Sul do 112!
Afinal nem tudo está mal neste país, o que aconteceu na realidade foi que as 173 pessoas que ligaram para o 112 desligaram a chamada antes de ser atendida...
Desligar uma chamada de emergência ao fim de 20 minutos...raio de pessoas...vê-se logo que nunca ligaram para uma das linhas de apoio ao cliente de operadoras de telefone ou televisão...

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Uma espécie de Santa Casa...

Pedro Santana Lopes, um ilustre militante do Partido Social Democrata, informou por carta o líder do partido, Rui Rio, com quem disputou a liderança há poucos meses, o fim da sua militância social democrata.


Depois de vários avanços e recuos, parece que finalmente Santana Lopes vai criar um partido liberal.
Outro ilustre social democrata, Marcelo Rebelo de Sousa, já manifestou o seu desacordo, lembrando que mesmo que se discorde algumas vezes, a identidade partidária não muda ou se perde...
Ainda antes da criação do partido, as empresas de sondagens avançam com estimativas de quantos eleitores este partido tirará aos outros partidos...
Facilmente se percebe que aqueles eleitores do PPD-PSD que votam na seta que aponta o céu, de onde tudo nos é dado, irão correr a votar no Pedro...
Também os eleitores do PS que se sintam mais Seguros podem pender para o lado da novidade...
Na mesma senda seguirão os eleitores do PC que são vegetarianos uma vez que comer criancinhas ao pequeno almoço não é bem a sua onda...
Do mesmo mal não se livrará o CDS-PP já que aqueles que detestam o ambiente das feiras não perderão esta oportunidade de embarcar num partido muito mais "in"...
Claro que o mesmo caminho seguirão os eleitores do BE com um saldo bancário médio superior a 100 000 €...
Desta debanda apenas se livrará o PCTP-MRPP a quem Arnaldo já explicou via twitter que o novo partido é outro "putedo" pegado!
Com todas estas dissidências o novo partido corre o "risco" de ganhar uns trocados...


Os partidos em Portugal têm direito a uma subvenção estatal anual de 3,15 € por cada voto conseguido...e ao contrário do que muitos pensam, não têm que ter representação parlamentar...basta que tenham obtido um mínimo de 50 000 votos mesmo que dispersos pelos mais diversos círculos eleitorais...
Assim, a criação de um partido político com sucesso não é uma aventura, mas sim uma espécie de Santa Casa em que o apostador aposta mas nunca ganha!
Resta saber se Santana Lopes será o líder do partido ou o provedor...

domingo, 5 de agosto de 2018

Perseverança, Paciência ou Pouca Sorte?

Se nos últimos dias as temperaturas têm estado mesmo muito elevadas em todo o território nacional, nos primeiros meses do ano não foi bem assim. O ano de 2018 estava a ser, até há bem pouco tempo, um ano ameno, com bastante pluviosidade e temperaturas baixas.
A exceção eram pequenos focos de calor pelos lados de Alvalade e de Alcochete.


Pelos lados de Alvalade, a forte personalidade de Bruno de Carvalho aliada ao fervor clubístico de alguns membros de uma claque conduziu a acontecimentos menos felizes no panorama desportivo.
Fruto desses acontecimentos figuras marcantes do Sporting resolveram abandonar o clube, rescindindo os seus contratos.
Mas ao que parece a forte personalidade de Bruno consegue mesmo sobrepor-se às temperaturas dos últimos dias...


Pouco mais de um ano após uma pomposa cerimónia de casamento nos Jerónimos, aquela em que aos convidados era fornecido o NIB para o depósito dos presentes e que motivou ao adiamento do aniversário do Sporting, apenas quatro meses depois do nascimento do seu mais novo rebento (o tal anunciado nos ecrãs do estádio de Alvalade) e após inúmeros boatos sobre o assunto, Bruno de Carvalho e Joana Ornelas estão em processo de divórcio...
Parece que nada, ou quase nada resiste ao ego de Bruno...


Passados estes meses quentes e agitados, apenas a hérnia discal se mantém junto de Bruno de Carvalho!
Será perseverança, paciência ou pouca sorte?

sábado, 4 de agosto de 2018

Caso de Polícia?

Estes últimos tempos têm sido marcados na atualidade nacional pelo calor e pelo chamado "caso Robles".
A propósito de um negócio de compra e venda de um imóvel em Alfama, o tema da especulação imobiliária voltou à ordem do dia...pela mão de um dos que publicamente condenava esses negócios por mais transparentes que fossem.
Mas o caso que evolve o agora ex-vereador Ricardo Robles não teve o condão de suscitar apenas reações políticas...


A vereadora, em regime de substituição, Sofia Vala Rocha (PSD) utilizou o Twitter para reagir ao caso...
Segundo a mesma, o rapaz que apenas vestia camisolas da "Quechua" afinal era um milionário...
À primeira vista pode parecer quase uma piada sobre o assunto, ou até mesmo uma forma mais leve de encarar o tema.
A sociedade portuguesa tem-se habituado à complacência do sistema judicial perante este tipo de negociatas que envolve grande parte da nossa classe política, atuando quase sempre tarde, numa altura em que a prova já é quase inexistente ou mesmo que se consiga apurar algo em concreto, os lucros astronómicos conseguidos já se encontram depositados em fundos e outros instrumentos que impedem a sua recuperação/restituição.
E o "caso Robles" apesar de toda a legalidade apregoada, será ou não um caso de polícia? 



Sim, o "caso Robles" é um caso em que urge a intervenção de Nuno Tiago, o "Polícia da Moda", porque caso não se tomem medidas concretas contra este tipo de casos, corremos o risco de um dia destes vermos Paulo Portas a fazer o seu comentário semanal na TVI vestido de pólo e calça de sarja comprados na "Lefties"...


sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Títulos? Aqui não!

Quem nunca chegou à sua caixa de correio e a encontrou cheia de folhetos? De hipermercados, de lojas de eletrodomésticos, de cruzeiros no Douro em que vendem trens de cozinha ou colchões e até mesmo de folhetos do sentinela a falar sobre o fim do mundo e a salvação dos que não colocam o folheto para reciclar imediatamente!


Este tema não é de hoje, mas continua sempre atual. 
A Lei 6/99 regula a publicidade domiciliária por via postal, por distribuição direta ou por telecópia...
É por causa desta Lei que vemos em muitas caixas de correio, talvez até na de alguns de nós, o autocolante da imagem. O objetivo é evitar que os funcionários dos CTT ou de outras empresas depositem folhetos não endereçados na nossa caixa postal.
Mas esta Lei de 1999 não se aplica à publicidade distribuída por correio eletrónico. 
E todos sabemos que nos dias que correm, este é o meio por onde se recebe mais publicidade, e por isso todos os servidores de e-mail têm o chamado "SPAM" ( Sending and Posting Advertisement in Mass) ou seja, enviar ou postar publicidade em massa.
Na maioria dos casos é uma ferramenta bastante eficaz, e, se alguma vez falhar o objetivo num e-mail ou outro, basta classificar o mesmo como SPAM para que na próxima receção o mesmo vai direitinho para a pasta dos indesejados.
Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho é um cidadão como tantos outros.


Na sua caixa de e-mail Bruno recebe como toda a gente publicidade a artigos de desporto, a pacotes de férias, restaurantes, sites de compras...
Além de tudo isso Bruno recebe muita publicidade do Sporting Clube Portugal, tal como notificações, notas de culpa, suspensões e outras coisas...e farto do departamento de marketing do clube, resolveu adicionar o domínio "sporting.pt" à lista de SPAM.
Até imagino a caixa de correio de Bruno na entrada do seu prédio: "publicidade aqui não", "contas aqui não", "penhoras aqui não", "correio registado aqui não" "títulos aqui não"...


quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Há futuro, há esperança!

Com a facilidade de acesso à informação, com as notícias das desgraças, das tragédias e das falcatruas da classe política, surge no meio da sociedade um sentimento generalizado de desilusão.
Cada vez que se visita uma rede social percebemos pelos comentários de cada um dos utilizadores que o descrédito e a falta de esperança em dias melhores é um dado adquirido e um caminho irreversível.
No entanto, as ferramentas que normalmente nos transmitem a desgraça, são também muitas vezes as que nos transmitem sinais inequívocos de esperança e de crença no futuro!



Margarida Balseiro Lopes, nascida na marinha Grande em 24 de setembro de 1989 é uma deputada e atual líder da Juventude Social Democrata. É licenciada em direito e tem por profissão consultora fiscal que acumula com o "part -time" na Assembleia da República.
Hoje a lider da JSD surpreendeu a sociedade ao apresentar a Marcelo Rebelo de Sousa três  ideias revolucionárias : a "delação premiada" ,uma espécie de prémio aos arrependidos que denunciem os crimes em que foram co-autores; a inversão do ónus da prova, ou seja o suspeito tem que provar que não cometeu determinado ato e não o Ministério Público a provar que o suspeito o cometeu e por fim a inibição de políticos corruptos... 
Nestas três propostas, como em quase tudo na vida, existem defeitos e virtudes e se soubermos aproveitar o lado positivo, estaremos no caminho certo.
Estas ideias fizeram me recordar um outro jovem e recuar  no tempo pouco mais de um ano...
Ricardo Robles, nascido em 20 de maio de 1977, propunha também  umas excelentes medidas na campanha da autárquicas daquele ano...



Robles propunham a construção de 7500 casas a preço acessível para os lisboetas, resgatando-as aos fundos especulativos imobiliários...
Como não ganhou as eleições, foi eleito vereador e assim só conseguiu construir uma das 7500 e ao que consta a preço acessível seriam as outras 7499... 
Robles também propunha limitar as unidades hoteleiras no centro da cidade de Lisboa...
Como não ganhou as eleições, foi eleito vereador e assim só conseguiu limitar as unidades hoteleiras a projetos de alojamento local de luxo... 
Como podemos ver em política há sempre aqueles que se refinam...
E ilustre Dr.ª Margarida, não perca a esperança, o tempo há-de refiná-la, à imagem e semelhança de todos os outros ilustres lideres das juventudes partidárias. Vai ver que mais tarde ou mais cedo uma "tecnoforma" ou uma "goldman sachs" surgirão no seu caminho!
Até lá goze a vida, divirta-se...beba uns cocktails...dizem que tuti-fruti este ano está a bombar!