sábado, 28 de julho de 2018

Bombástico!

Esta semana fomos uma vez mais relembrados do poder do fogo.
Diz-se frequentemente que o homem descobriu o fogo, mas o que aconteceu na realidade foi que o homem aprendeu a utilizar o fogo e a sua imensurável força para algumas finalidades!
Exemplos como o do nosso Portugal no ano passado ou da Grécia nesta semana também nos mostram que o homem ainda tem muito a aprender sobre o fogo.
Mesmo aqueles que se julgavam a salvo deste flagelo, foram este Verão surpreendidos pelo flagelo dos incêndios.
As alterações climáticas continuam todos os dias a contrariar os que as negam e fingem não ver as suas consequências. 

Desta vez foi a Suécia a ser bafejada pelo infortúnio dos incêndios florestais. Com um Verão mais mediterrânico do que escandinavo bastaram as primeiras ignições para se perceber a impotência do homem perante o fogo.
A surpresa foi tal que há relatos da utilização de viaturas de bombeiros afetas aos aeroportos suecos no combate a incêndios florestais! 
Mas a notícia que mais espantou o mundo foi o recurso a bombardeamentos com aviões militares para a extinção dos incêndios. A técnica é semelhante à utilizada pelos EUA na década de trinta do século passado, no entanto com princípios distintos. Os EUA usavam bombas com água que ao explodir retiravam energia à combustão, já na Suécia utilizaram bombas com explosivos convencionais que ao explodir retiram quase a totalidade do oxigénio à combustão, provocando assim a sua extinção!
Cá por Portugal, no que toca a incêndios, as coisas este ano vão correndo bem...


E ainda bem que assim é, porque ao que parece ainda não recuperaram a totalidade dos explosivos roubados em Tancos. Com a "sorte" que costumamos ter eram estes o explosivos destinados ao combate a incêndios florestais.



Valha-nos S.Pedro, porque hoje também se ficou a saber que grande parte das viaturas entregues ao GIPS da GNR têm falta da potência nas bombas...
Mais vale que não haja muitos incêndios porque isso pode ser bombástico! 

Sem comentários:

Enviar um comentário