quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Uma questão de sorte!

Costuma dizer-se que nascemos todos iguais e que também na morte somos todos iguais. 
No entanto na prática não é bem assim, há sempre aqueles que nascem com o rabinho virado para a lua!
Muitos de nós costumamos dizer que nascemos no país errado, atendendo às condições de vida no nosso país, aos salários e a outras coisas em relação às quais temos sempre a mania de que nos outros países é que é bom!
Acreditem que muitas vezes nem tudo o que parece, é!


Há uns meses o juiz desembargador Neto de Moura viu-se envolvido numa polémica que ganhou contornos de escândalo.
Num acórdão  a propósito de um recurso num processo de violência doméstica o magistrado "desculpou" a atitude do agressor com o alegado adultério da vítima.
Muito se escreveu, organizaram-se manifestações e o magistrado está sob a alçada do Conselho Superior de Magistratura que iniciou um processo disciplinar ao visado...
Como em quase tudo na vida, a vítima de violência doméstica, não teve a sorte do lado dela, uma vez que outro magistrado poderia ter um entendimento totalmente diferente da questão.
Mas há casos em que a sorte continua a proteger os mais audazes!



Por estes dias foi noticia um facto que surpreendeu a comunidade cientifica: na Polónia, uma vaca doméstica fugiu de uma quinta e foi viver com bisontes...
É uma situação insólita, e que embora não pareça, irá ter um final feliz graças ao fator sorte...
Imaginem que Neto de Moura tinha nascido na Polónia?

Sem comentários:

Enviar um comentário