quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Quando bate aquela saudade...

Dizem que saudade é uma palavra que só existe na língua portuguesa. 
Saudade serve para descrever num só sentimento a distância, a perda, a falta, a recordação e mesmo o amor por alguma coisa ou pessoa!


Lembram-se da comidinha da avó? Feita na lareira, no pote, lentamente...
A saudade dessa comida faz-nos reviver os cheiros, os sabores e os momentos vividos à volta dessas iguarias.


Lembram-se de brincar na rua? Uns riscos no chão e um pedaço de tijolo chegavam para fazermos um jogo. Com quatro pedras faziam-se duas balizas e o nosso estádio surgia no meio da rua.
A saudade desses tempos traz-nos à memória os amigos, as conversas, as guloseimas...


Lembram-se do "Livro de Leitura da 4ª Classe" ? Textos perfeitos, sobre um país perfeito que se estendia do Minho até Timor...
A saudade desse tempo traz-nos à memória crianças alegres, livres e cheias de sonhos...


Lembram-se da Mocidade Portuguesa? Meninos bem vestidos, todos de uniforme e orgulhosos do império...
A saudade desse tempo traz-nos à memória jovens que fugiam para o frio da Europa ou viajavam num belo navio para o calor de África dar uns tiros aos insurgentes do império...


Lembram-se de quando Portugal era o bom aluno? Pois...raio da saudade...
É a saudade de quando Portugal era o bom aluno e daquela cinzenta e bela tarde de 24 de Abril de mil nove e setenta e quatro...
Ai a saudade...

Sem comentários:

Enviar um comentário