domingo, 7 de janeiro de 2018

Potências Nucleares

Com a ameaça feita pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte que, em reação às declarações de Donald Trump na Assembleia Geral da ONU, afirmou que o seu país está preparado para testar uma bomba de hidrogénio no oceano Pacífico, o tema do armamento Nuclear volta a preocupar a humanidade.



Quando em 1898 Pierre e Marie Curie descobriram  parte das propriedades do rádio existente no urânio estariam longe de imaginar que a humanidade poderia dar um caminho tão mau a tal descoberta.
Após este passo a comunidade científica foi evoluindo e da descoberta da composição do átomo à perceção da divisão artificial do mesmo foi um instante. Estava aberto o caminho à bomba atómica.
Grande parte dos cientistas abrandaram a pesquisa e divulgação de resultados da mesma com o eclodir da II Guerra Mundial, tentando assim evitar o uso da bomba atómica, cujo os princípios básicos já tinham sido patenteados em 1934.
Como sabemos essa posição da ciência não evitou o uso de tal bomba em 1945.
Com o final da II Guerra Mundial e a divisão em dois grandes blocos político-militares a corrida ao armamento nuclear intensificou-se criando um clima de paz podre a nível global.
Em 1970 o entendimento entre diversos países permitiu a assinatura do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares.
Este acordo visava evitar o desenvolvimento de armamento nuclear, permitindo a cinco países a manutenção do arsenal que possuíam : Estados Unidos, França, Reino Unido, URSS e China.
Índia e Paquistão não assinaram o tratado e mantiveram os seus programas nucleares...Brasil, Argentina e África do Sul mantiveram os seus programas  enquanto estiveram governados por sistemas ditatoriais.
A Coreia do Norte diz que tem e vai mostrando, já Israel diz que não tem mas todos sabemos que tem...
Mas surpresa das surpresas : há em Portugal uma potência nuclear!


Quando o mundo caminhava para alguma regulação em termos nucleares, enquanto F.C. Porto e S.L. Benfica se aproximavam dos seus adeptos através de casas espalhadas pelo mundo, o clube fundado por José Alfredo Holtreman Roquette enveredou por uma estrutura nuclear!
E se em 1970 foi assinado o Tratado de Não Prolifereção...em 1969 o Sporting criava o seu primeiro núcleo!
Se já era perigoso para a humanidade o clube de Alvalade ser a maior potência desportiva nacional, aliar a esse facto a capacidade nuclear poderá tornar o regime incontrolável...
Neste momento são 240 espalhados pelo mundo e caso seja atacado, Kim Jong Bruno não hesitará em usar tal arma!

Sem comentários:

Enviar um comentário