domingo, 7 de janeiro de 2018

Posso ajudar? Não que eu sou orgulhoso!

Hoje o dia noticioso foi ainda dominado pelo rescaldo do ato eleitoral de ontem.

Enquanto uns ainda festejam, outros dão os parabéns aos vencedores...se há coisa que admiro é a lealdade do combate político!
Mas o Tanque não serve para dar palmadinhas nas costas, serve sim para lavar roupa suja.
Já pensaram  no custo deste ato eleitoral?


Pois é, os quase 36000 eleitos, entre Câmaras Municipais, Assembleias Municipais e Juntas de Freguesia, custam isto ao país.
Cada candidatura recebe um apoio público proporcional ao resultado obtido nas urnas...contas feitas nesta fatia vão 38,4 milhões de euros...os folhetos, os outdoors, as músicas adaptadas, etc...custam dinheiro!
Soma-se à conta 7,413 milhões de euros para gratificação aos membros das mesas de voto e para pagamento dos tempos de antena nos diversos órgãos de comunicação social (nacionais e locais).
A campanha "Saiba onde vai votar" custa 345 mil euros a que se somam 141 mil euros para o serviço de sms que permite ao eleitor saber qual a sua mesa de voto...
Já as urnas e câmaras de voto adquiridas custam 160 mil euros, aos quais se acrescentam 70 mil euros para o transporte dos boletins de voto!
A impressão dos quase 30 milhões de boletins custa ao estado 252 mil euros.
Não é preciso ser nenhum ás da matemática para perceber que este ato democrático custa muito dinheiro...mas também não é preciso ser um génio para saber que onde todos ajudam quase ou nada custa!
Nós podemos ser tesos mas não deixamos de ser orgulhosos...e quando alguém quer ajudar, mesmo que seja na poupança de três folhinhas de papel fazemos um escândalo! 



Sem comentários:

Enviar um comentário