domingo, 7 de janeiro de 2018

Ética e Sigilo Profissional

Quando abordamos este tema é incontornável não pensar em segredos, espionagem industrial, corrupção... 
Mas também não é menos verdade que nos vamos lembrar de funcionários velhinhos, que fizeram toda a sua carreira profissional no mesmo cargo.
Até mesmo a sétima arte abordou o tema com casos em que meras domésticas ou mordomos além da relação profissional são também os confidentes da família, conhecendo muitas vezes segredos que até alguns elementos da família desconhecem!
Casos como os advogados, médicos ou padres lembram-nos sempre situações de segredos cabeludos que o sigilo profissional protege...
Podemos também referir militares, forças de segurança, espiões em que as questões do trabalho nem à sua própria sombra podem contar!
E quem não imagina um chinês com uma micro câmara a tentar copiar desde o modelo de um mero telemóvel até ao mais sofisticado avião do mundo...pois deixem de imaginar que com o dinheiro de dois ou três vistos gold compram o projeto e dois ou três técnicos para o executar!
Até Raúl Solnado  na sua ida à "Guerra de 1908" queria obter os planos da pólvora!
Mas se em termos de segredos há quem se venda por pouco, há sempre aqueles que defendem os seus com unhas e dentes. Lembro por exemplo o caso de um ministro que mesmo de saída se fartou de tirar fotocópias para que ninguém conseguisse comprar submarinos nas condições vantajosas que o nosso Portugal comprou!
Cada vez mais as entidades patronais fazem tudo para combater as quebras de sigilo profissional,


e muitas vezes é necessário cortar o mal pela raiz...

Sem comentários:

Enviar um comentário