domingo, 7 de janeiro de 2018

Estudem em casa e em 2020 voltam...se se portarem bem...

Há uns meses os britânicos decidiram sair da União Europeia. Uma organização onde sempre estiveram com um pé fora e as malas atrás da porta...
Podem achar que não, mas aquele caloroso povo das ilhas Britânicas, tão alegres e tão descomplexados vai deixar-nos tantas saudades como uma viola num enterro...


Ainda mal nos refizemos desta perda anunciada e o mundo volta a chocar-nos : os Estados Unidos da América vão deixar a UNESCO. 
Importa explicar o que é a UNESCO, é uma organização dentro das Nações Unidas dedicada à ciência, cultura e educação, estando sediada em Paris.


Como justificação para esta saída foi apontado um constante sentimento anti-israelita por parte da UNESCO.
Aposto que não tem nada a ver com os 465 M € que devem à organização...
Claro Israel seguiu os passos dos Estados Unidos e abandonou a organização...uma coisa do tipo : o grandalhão meu amigo saiu da sala de aula por isso eu saio também...antes que me batam!
Porreiro seria se a Arábia Saudita, o Zimbabwe, a Coreia do Norte e outros meninos saíssem também da sala de aula...
Muitos podem pensar que o povo norte americano ficou a perder...mas eu fiquei a pensar no que faz numa organização dedicada à educação, ciência e cultura uma sociedade que elegeu um presidente que fala em atentados que não aconteceram, que diz que o aquecimento global foi inventado pelos chineses para impedirem as empresas americanas de competir, que diz que o mesmo aquecimento global faz falta aos Estados Unidos para contrariar o frio em Nova York...entre muitos outros tesourinhos...


A saída da UNESCO nesta altura irá, com toda a certeza, subir a média da turma que fica na sala...
A bem da ciência, os meninos do Tio Sam que elegeram o Donald, devem aproveitar para estudar em casa...e depois de Novembro de 2020 caso se portem bem, poderão voltar à escolinha!  

Sem comentários:

Enviar um comentário