domingo, 7 de janeiro de 2018

E se fosse consigo?

"E se fosse consigo?" é o título de um programa da SIC em que um grupo de atores simula na via pública situações da vida real para tentar perceber a reação dos transeuntes. 


Situações de violência doméstica, bulyng, maus tratos de pais a filhos e vice-versa, maus tratos a sem abrigo, maus tratos a pedintes...
Em todos os casos vemos pessoas que apesar de verem bem o que se está a passar olham para o lado, fingem que não veem e seguem a sua vidinha...
Poucos são os que abordam os intervenientes (atores) e lhes fazem ver que aquele comportamento é errado, seja em público seja em privado!
Ainda reina na nossa sociedade o ditado "entre marido e mulher não se mete a colher" e outros adágios do género. 
Este programa leva-nos a pensar em situações que acontecem aos outros, mas que um dia nos podem acontecer.
No dias que correm vemos todos os dias apelos nas redes sociais de todos os tipos, uns mais graves como o desapreciamento de pessoas, outros menos graves mas nem por isso menos importantes como por exemplo o desaparecimento de telemóveis, carteiras, documentos ou animais de companhia...


Ainda há poucos dias vimos nas redes sociais o apelo da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, para tentar encontrar o seu cão que desapareceu de casa... Como podem ver estas coisas acontecem a qualquer pessoa!
A propósito de animais, esta semana ficou marcada pela aprovação na Assembleia da República da legislação que permitirá aos clientes levarem os animais de companhia para o interior dos restaurantes. 



Vastos são os casos de coisas esquecidas pelos clientes nos restaurantes: carteiras, telemóveis, chaves, brinquedos...e até crianças...
Claro que depois quando se chega a casa e se dá pela falta, a primeira coisa que se faz é criar um apelo no Facebook e partilhar com todos os amigos e grupos...
Com a nova legislação não tardará que alguém se esqueça de um gatinho ou de um cachorrinho num restaurante chinês!
E se fosse consigo? Faria o apelo? Ou apenas colocaria a fotografia de perfil de luto e ia para o sofá chorar? 

Sem comentários:

Enviar um comentário