quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Parlamento Europeu

O Parlamento Europeu é, à semelhança do Parlamento português, é um órgão legislativo, neste caso da União Europeia.
Com sede em Estrasburgo (França) divide também os seus trabalhos por Bruxelas (Bélgica) e pelo Luxemburgo.
Os 751 eurodeputados são eleitos através de sufrágio universal nos estados membros da União Europeia.
As eleições para o Parlamento Europeu ocorrem de cinco em cinco anos e neste momento é presidido por Antonio Tajini.
O Presidente deste organismo é eleito por períodos de dois anos e meio, renováveis. 
À semelhança dos parlamentos dos diversos estados membros, o Parlamento Europeu muitas vezes discute assuntos que pouco têm a ver com política europeia.


Por estes dias o Partido Popular Europeu quis levar à discussão o chamado "caso Centeno".
À primeira vista parece um caso absolutamente normal e entende-se com naturalidade que as instâncias europeias queiram ver esclarecido este assunto, afinal o Ministro das Finanças de Portugal é também neste momento o presidente do "Eurogrupo".
Mas afinal o que é o "caso Centeno"?


O "caso Centeno" é uma investigação das autoridades judiciárias portuguesas em que é investigado o facto do Ministro das Finanças ter solicitado ao Benfica bilhetes para assistir a um jogo de futebol.
E aqui é que se deixa de perceber a intenção do Partido Popular Europeu debater e esclarecer este assunto no Parlamento Europeu!
Não serve afinal este organismo para debater assuntos da Europa?


Será que em Estrasburgo, Bruxelas ou no Luxemburgo os políticos não perceberam que o Benfica está fora da Europa desde finais de Novembro?
Raio de gente distraída... 

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Mitos da nutrição

Numa altura em que a imagem é cada vez mais valorizada, surgem diversos mitos sobre dietas e sobre nutrição.
Quando se fala de dietas e nutrição é incontornável falarmos de doces. 
Não existe nenhuma dieta sem restrição no consumo de doçaria e pastelaria, no entanto também não existe nenhuma dieta viável que restrinja na totalidade estes produtos. 



Já quase todos os portugueses provaram pelo menos uma vez o famoso pastel de Belém ou pelo menos um pastel de nata.
E quase todos pensarão que o pastel de nata é uma das maiores facadas que se pode dar numa dieta.
Ora aí está um dos maiores mitos da nutrição:
Um  vulgar queque tem 407 Kcal por cada porção de 100 gramas, um bolo de arroz tem 404 Kcal na mesma porção enquanto que o pastel de nata tem apenas 298 Kcal nos mesmos 100 gramas!
Como vê às vezes satisfazer as suas extravagancias em doçaria com um pastel de Belém não é nada de muito mau para a sua dieta! 
No entanto o pastel de Belém é por vezes um pouco indigesto... 


Mas se para alguns é indigesto...para outros satisfaz mesmo sem comer...



segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Planeamento familiar!

O planeamento familiar é um dos grandes avanços  da medicina do século passado.
Além de permitir às famílias decidir conscientemente o número de filhos através dos inúmeros métodos de contraceção colocados ao dispor de homens e mulheres, permite também uma vida sexual responsável e saudável.
Embora já desde o antigo Egipto sejam conhecidos métodos que permitiam a contracepção, a noção de planeamento familiar é relativamente recente.
Um facto indissociável destes progressos na medicina que garantem no fundo mais saúde é a evolução da ciência.
E a ciência nunca deixa de nos surpreender.


Um mistério com cerca de 40 anos ganhou por estes dias novos contornos.
Em 1975 foi descoberta uma múmia numa igreja em Basileia na Suiça.
Presumia-se que a múmia, do sexo feminino, fosse de uma senhora abastada que teria residido naquela zona no século XVI.
Até aí nada de extraordinário...
Mas a ciência evolui diariamente e cada dia que passa surgem novidades.
Graças a testes de ADN foi possivel apurar que Boris Johnson, o irreverente ministro britânico, é descendente desta mesma múmia...


Pena é que no século XVI o planeamento familiar não estivesse tão avançado como hoje, porque ou estou enganado ou a senhora múmia teve vários descendentes... 

domingo, 28 de janeiro de 2018

Simplex

O "simplex" é um programa público de modernização do estado.
Tal como o nome indica, o objetivo do programa é a simplificação da relação entre os cidadãos e o estado.
Hoje em dia podemos pedir uma certidão na internet, podemos renovar a carta de condução, podemos marcar consultas médicas, podemos pagar impostos sem que para isso tenhamos que nos deslocar a uma repartição pública, evitar longas filas e assim termos mais tempo para as nossas vidas!


Uma das medidas mais emblemáticas para este ano de 2018 é o fim da declaração em IRS em papel.
Quem não se recorda das enormes filas na entrada da repartição de finanças .
Primeiro era a fila para comprar os impressos, mais tarde era a fila para entregar a declaração...e o último dia do prazo de entrega parecia a fila para a aquisição de bilhetes para um concerto de alguma estrela internacional!
Para simplificar ainda mais, a declaração de impostos passa a ter um prazo único : de 1 de Abril a 31 de Maio.
Muitos já se manifestaram contra a medida alegando que uma determinada franja da sociedade não tem acesso à internet, que não sabe utilizar as novas tecnologias e outros argumentos contra a inovação!
Antes desta medida as Juntas de Freguesia até publicitavam que ajudavam as pessoas com dificuldade a preencher a declaração...mas acho que na passagem de ano desaprenderam...
Uma das coisas que o simplex veio facilitar foi o contacto dos cidadãos com o estado e hoje qualquer pessoa através de um simples e-mail pode pedir uma informação, fazer uma reclamação ou até pedir algum documento a qualquer uma das repartições públicas.
E ao contrário será assim tão simples?



Ao que parece o Ministério das Finanças enviou um e-mail a solicitar bilhetes para assistir ao Benfica-FC Porto da época passada na tribuna do estádio da Luz.
E se para um cidadão é simples enviar um e-mail às finanças, o  mesmo já não acontece quando as finanças enviam um e-mail ao contribuinte...
Como podemos confiar num organismo público que pede bilhetes para uma zona de um estádio para a qual não há bilhetes? Mesmo com toda a simplificação, cenários como este revelam que ainda há funcionários públicos que não estão preparados para a sua função!  


Claro que com toda esta falta de preparação dos organismos públicos o mais normal que aconteça é que um cidadão solicite uma isenção de IMI na repartição de finanças da sua área de residência e um funcionário menos preparado, por engano, remeta esse pedido para o ministro...
Confusões do simplex...

sábado, 27 de janeiro de 2018

Oh da Guarda!!!

A Guarda Nacional Republicana foi criada formalmente a 3 de Maio de 1911.
A maioria da população portuguesa já há muito que deixou para trás a imagem do militar da GNR barrigudo e com um farto bigode.
A missão da Guarda contínua a ser de proximidade com as populações, sendo desde a sua origem e já mesmo nas outras forças policiais que historicamente a antecederam, uma força policial com atuação até nos mais recônditos lugares de Portugal.
A GNR orgulha-se hoje de ser uma "Força Humana, Próxima e de Confiança.


É no âmbito da missão de proximidade da Guarda que nestes últimos tempos alguns militares têm andado por muitos locais do Portugal profundo a distribuir calendários.
Trata-se de uma campanha destinada aos mais idosos, em pareceria com a EDP, para a prevenção de burlas que infelizmente são cada vez mais frequentes.
No entanto, a Guarda, tal como outras nobres instituições, nem sempre surge no panorama noticioso pelos melhores motivos!


Hoje é notícia num dos jornais diários de maior tiragem em Portugal que um militar da Guarda Nacional Republicana se fez passar por agente do SIS (espião) para levar uma vida dupla...
As populações esperam sempre poder  confiar nas suas forças policiais...mas já sabe, se algum GNR ao mesmo tempo que lhe oferece um calendário lhe propuser mudar o contrato da eletricidade lá de casa, grite bem alto : Oh da Guarda!!!
Porque ou não é Guarda ou é o senhor do SIS...

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Vocação, jeito ou outra coisa qualquer?

Quem não se lembra dos tempos da escola primária em que nos perguntavam o que queríamos ser quando fossemos grandes? 
Se nos dias de hoje as preferências vão para futebolista, manequim ou beneficiário do Rendimento Social de Inserção, há poucas décadas atrás  as profissões de sonho para os petizes eram bombeiro, polícia, médico, enfermeira e cabeleireira...
Ainda bem que inventaram  o Rendimento Social de Inserção!
Quando se pergunta a uma criança ou a um jovem o que quer fazer quando for grande, está-se à espera que a criança responda de acordo com o que sonha e que o jovem responda com a sua vocação e projeto de vida.
Felizmente há quem consiga responder da mesma forma como criança e como jovem e que quando chegue ao mercado de trabalho concretize as suas ambições.
O problema é quando nem há sonho, nem vocação e resta o jeito para fazer alguma coisa...


Recordam-se de Agostinho Caridade? O "falso padre" de Barcelos substituiu padres em várias paróquias, casou paroquianos, batizou outros, burlou, roubou objetos em alguma igrejas...e até celebrou na Sé de Braga...
Apesar de não ser padre nem ter vocação para tal, Agostinho Caridade apresentou-se como Padre, pediu para celebrar numa igreja em Ovar e aproveitando-se da boa fé das pessoas foi percorrendo várias paróquias do Norte do país para conseguir os seus intentos de amealhar dinheiro.
Outras situações há em que alguém exerce uma profissão e por necessidade pessoal ou da sociedade em que se insere, alia um outro ofício ao que sempre exerceu.


Sabiam por exemplo que os barbeiros além de cortar cabelo e barba também realizavam pequenas cirurgias e tiravam os dentes aos clientes que precisassem de tratamento dentário?
E se associamos o termo "tiradentes" à época colonial portuguesa e espanhola, não podemos esquecer que em 1540 em Inglaterra a Sociedade dos Cirurgiões e a Companhia dos Barbeiros se fundiram surgindo assim a Companhia dos Barbeiros-Cirurgiões!
Há mesmo quem diga que a típica cadeira dos barbeiros era bastante adequada às cirurgias dentárias pela posição em que permitia colocar o paciente.
Mas será que isto só acontecia no passado? Talvez não...
Nos barbeiros talvez tenha sido a cadeira que levou a que as coisas acontecessem...


Na Rússia, num destes dias, um canalizador fez-se passar por ginecologista e enganou um hospital...
Terá sido o jeito com as canalizações que levou a que isto acontecesse? Terá sido vocação? Ou terá sido outra coisa qualquer?

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Qual será o custo da taxa?

Nos dias que correm e com a globalização da economia, as notícias sobre investimentos em Portugal são necessariamente um bom sinal.
Podemos ser um país territorialmente pequeno mas ao que parece somos um destino apetecível para as grandes empresas tecnológicas.


Ainda ontem o CEO da Web Summit, Paddy Cosgrave (um dos que jantou no Panteão), veio dizer que há rumores de empresas tecnológicas interessadas em estabelecer-se no nosso país.
Já umas horas antes o Primeiro Ministro António Costa tinha anunciado em Davos que a gigante "Google" irá criar um centro de serviços em Oeiras. 



Esse centro de serviços que servirá de hub para a Europa, África e Médio Oriente irá criar 500 empregos! 
A "Google" é de facto uma das grandes empresas tecnológicas, mas para a maioria de nós é o mais popular motor de busca da Internet.


E será possível falar de Oeiras sem falar do seu Presidente da Câmara Municipal?
Pois é, Oeiras e Isaltino Morais são quase indissociáveis! 
Já experimentaram utilizar o famoso motor de busca e pesquisar "Isaltino Morais"?
A primeira referência que aparece é da wikipédia :
"...Isaltino Afonso Morais ( Mirandela, São Salvador, 29 de Dezembro de 1949)  é um jurista e político português.
De 24 de Abril de 2013 a 24 de Junho de 2014 esteve detido a cumprir pena por crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais..."
Outra referência que surge é sobre uma notícia num jornal espanhol:


Eu até entendo que a "Google" ainda esteja a viver a euforia da mudança para Oeiras, mas será que ninguém na empresa se lembrou de retirar da Internet este tipo de referências ao Sr. Presidente da Câmara? 
Talvez ainda não tenham percebido...mas é muito provável que seja o Dr. Isaltino a estabelecer as taxas de licenciamento...

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Segredos da culinária

Todos nós apreciamos de vez em quando um bom petisco.
E poucos povos no mundo podem dizer que têm a panóplia de pratos ideais para petiscar!
Podia enumerar aqui vários exemplos, mas não o vou fazer, até porque já há neste blog um artigo sobre gastronomia portuguesa.
Mas quando o prato nos chega à mesa já decorreu um longo processo. 
A obra de arte que degustamos é o resultado da mistura de segredos com os melhores ingredientes. 


Um exemplo simples: a feijoada!
Já pensou se a feijoada fosse apenas um prato de feijão cozido?
Além de insípido e sem piada, já imaginou o que seria a sua vida intestinal nos dias em que comesse feijoada?
Basicamente para uma boa feijoada precisamos, além do feijão, de bons enchidos, boa carne, legumes de qualidade e de alguém que domine os segredos da culinária.
Quem perde algum tempo a ver os programas de televisão que ocupam as tardes, já percebeu que virou moda convidar figuras públicas para revelar o jeito ou falta dele para a cozinha.
Não ficaria surpreendido se numa das próximas tardes o convidado fosse António Costa, o primeiro ministro...
Mas será que António Costa domina os segredos da culinária?
Esta semana fiquei com a sensação que sim!



Afinal se um pinhal fosse só de pinheiro, talvez os problemas  causados fossem semelhantes aos da feijoada...

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Na Catalunha não se brinca!

Todos sabemos que a nossa vizinha Espanha é uma manta de retalhos constituída por comunidades autónomas onde o bichinho da independência está adormecido mas não está morto.
Na Catalunha esse bichinho está bem vivo e o referendo de 1 de Outubro apenas veio mostrar ao resto do mundo esse facto: uma parte dos catalães quer que a região seja uma república independente.
O governo de Madrid tudo faz para manter a unidade do reino, para tal limitou ao máximo a autonomia catalã, prendeu alguns dirigentes nacionalistas e convocou eleições.
Carles Puigdemont, o irreverente líder independentista, proclamou a independência da Catalunha e junto com seus pares fugiu para a Bélgica...
Na sequência das eleições de 21 de Dezembro nenhum dos partidos independentistas ganhou as eleições...mas obtiveram a maioria dos deputados do paramento catalão...
E surpresa (ou não) Carles Puigdemont tem o apoio da maioria desses deputados para presidir ao governo...
Mas na Catalunha não se brinca:


O Ministério Público espanhol tentou que o Supremo Tribunal emitisse um mandado de detenção internacional para que o Puigdemont fosse detido na sua visita à Dinamarca...mas o pedido foi recusado.
No entanto todos esperam que Carles Puigdemont esteja na Catalunha para a tomada de posse da Generalitat...e aí vigora o mandado de detenção emitido para território espanhol...
O Ministro do Interior já afirmou que Puigdemont não entrará incógnito em Espanha nem que seja na mala de um carro, aludindo assim à intensa vigilância que será exercida pelas forças policiais...
Mas se o líder catalão resolver voltar a Espanha numa mala de dinheiro em vez de o fazer na mala de um carro?




Se Carles Puigdemont vier disfarçado numa mala de dinheiro, atendendo à rapidez da justiça espanhola, é bem capaz de tomar posse, cumprir o mandato e com sorte quando for detetado já a Catalunha é independente...

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Sinais indiretos da crise

Alguns de nós parecem já ter esquecido que Portugal ainda se encontra em fase de recuperação de uma grave crise financeira. 
A reposição de alguns rendimentos, o aparente desbloqueio das carreiras na função pública, o aumento do recurso do crédito ao consumo, a agitação do mercado imobiliário, o aumento das vendas de automóveis, entre outros sinais parecem querer mostrar que o pior já passou...
No entanto há sinais, mesmo que indiretos que nos mostram quem nem tudo está bem. 

Por estranho que pareça, em alturas de crise, umas das primeiras áreas em que os portugueses cortam o orçamento é na saúde. Só depois de cortarem na saúde  é que os portugueses cortam no café, no automóvel e no telemóvel topo de gama.
Todos os dias vemos publicidade a suplementos alimentares para suprir a necessidade dos famosos omegas  no nosso organismo.
Estes ácidos gordos essenciais ao organismo são fundamentais à prevenção de doenças cardiovasculares e ao norma funcionamento do cérebro. 
Mas o que tem a venda dos suplementos a ver com o facto de ainda não termos recuperado totalmente da crise económica?

   
Uma das fontes dos omegas é o peixe, nomeadamente a sardinha.
A queda acentuada do consumo  desta espécie e o aumento das vendas dos suplementos alimentares é o reflexo da opção pela alternativa mais barata para a nossa saúde... 

domingo, 21 de janeiro de 2018

Ganhem dinheiro, mas sem misturas!

Normalmente os pais cuidam dos filhos até à idade em que estes se tornam autónomos e podem subsistir sem ajuda dos progenitores.
É assim em todas as espécies, até nos humanos!
Nos seres humanos, se as coisas correrem normalmente, atinge-se uma fase em que os filhos passam a cuidar dos pais, na altura em que estes começam a ter menos força para trabalhar, é a retribuição justa por aquilo que se recebeu no início da vida.
No entanto a tradição já não é o que era...e os filhos atingem a autonomia cada vez mais tarde...
E se acontecer o contrário?
E se os pais conseguirem ganhar dinheiro com os filhos?


Nos últimos anos têm surgido nos diversos canais de televisão programas de talentos e à sombra desses programas surge o sonho de alguns pais : revelar o pequeno fenómeno que há lá em casa e ganhar muitos euros à custa do menino ou da menina!


Seguindo as tendências dos grandes sucessos internacionais estes programas de talentos para crianças começaram a explorar a veia culinária dos mais pequenos.
Quando se assiste a esses programas somos muitas vezes surpreendidos com a capacidade de alguns dos participantes. 
Mas muitas vezes também somos surpreendidos com pseudo vedetismos e outros tiques que fazem jus ao ditado "quem sai aos seus"...
Podemos gostar ou não dos formatos, da exposição, dos tiques ou de outras coisas, mas que os programas têm audiências e os pais dos meninos ganham uns euros é um facto inegável !


E quando o talento dos meninos é fazer porcaria? O que acontece?
Nada de novo: os programas têm audiências e os pais dos meninos ganham uns euros!
Por isso já sabem: se os vossos meninos têm talento, aproveitem e ganhem dinheiro, mas sem misturas! Por favor não ponham os que têm jeito para fazer porcaria nos programas de culinária porque nesses há facas e outras coisas que podem magoar...esses é no da "supernanny"...

sábado, 20 de janeiro de 2018

Gripe

Todos os Invernos a gripe é assunto recorrente.
Rara será a casa que não tem pelo menos um dos moradores visitado pelo vírus da gripe! 
Normalmente na fase final do Outono os meios de comunicação social e o Ministério da Saúde vão alertando para a necessidade da vacinação.


Normalmente a campanha de vacinação gratuita é destinada a pessoas com mais de 65 anos, a doentes crónicos, a pessoas institucionalizadas e a pessoas integradas na rede nacional de cuidados continuados.
Este ano a este grupo juntaram-se os diabéticos e os bombeiros.
A campanha de vacinação gratuita representa um investimento de 3,4 milhões de euros.
No entanto esta, à semelhança de muitas outras campanhas de prevenção, não tem uma adesão total dos destinatários e além disso as mutações anuais do vírus da gripe não contribuem favoravelmente para a sua eficácia.



Todos os anos invariavelmente os estabelecimentos de saúde entram em rutura no pico da epidemia da gripe.
Por muito eficazes que sejam as campanhas de vacinação, o sistema continua a apresentar falhas graves.
Talvez no final de 2018 vejamos a vacinação gratuita alargada a outros grupos,  numa tentativa de diminuir o impacto da gripe...


Talvez as escutas telefónicas também possam beneficiar da vacinação gratuita...e os advogados, os arguidos, os investigadores da PJ, os Procuradores do Ministério Público...ah e os jornalistas do Correio da Manhã...afinal o contato com os ficheiros pode ser contagioso! 

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Cesar Milan

À primeira vista o nome Cesar Milan dirá muito pouco à maioria de nós, mas se vos disser que Cesar Milan é o encantador de cães, alguns já irão perceber de quem se trata...


No programa televisivo Cesar Milan, o apresentador, ajudava os donos a lidarem com os seus cães. 
Basicamente o "encantador de cães" educava os donos e os animais de forma a que o comportamento dos primeiros se refletisse nos segundos, conseguindo sempre resultados surpreendentes.
Na semana passada surgiu na SIC um formato muito parecido: Supernanny!


O formato, apesar de já ter sido experimentado em vários países, gerou uma onda de indignação geral...até das famílias das crianças intervenientes, vá-se lá saber porquê, já pediu ajuda...




Ora, os cães e os outros animais de companhia não são coisas, mas as crianças são seres humanos...
Ao contrário dos cães, as crianças vão à escola e convivem com outras crianças...
A "encantadora de crianças" é psicóloga...
As famílias que expõem as crianças na televisão recebem em troca uma determinada quantia em dinheiro...
Atendendo a tudo isto, algumas questões se levantam:
Alguma das famílias já tentou devolver o dinheiro à estação de televisão ou à produtora?
A Ordem dos Psicólogos ainda funciona? 
A CPCJ já abordou alguma das famílias ou ficou-se pelas abordagens à estação de televisão e pelos comunicados?

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Quando bate aquela saudade...

Dizem que saudade é uma palavra que só existe na língua portuguesa. 
Saudade serve para descrever num só sentimento a distância, a perda, a falta, a recordação e mesmo o amor por alguma coisa ou pessoa!


Lembram-se da comidinha da avó? Feita na lareira, no pote, lentamente...
A saudade dessa comida faz-nos reviver os cheiros, os sabores e os momentos vividos à volta dessas iguarias.


Lembram-se de brincar na rua? Uns riscos no chão e um pedaço de tijolo chegavam para fazermos um jogo. Com quatro pedras faziam-se duas balizas e o nosso estádio surgia no meio da rua.
A saudade desses tempos traz-nos à memória os amigos, as conversas, as guloseimas...


Lembram-se do "Livro de Leitura da 4ª Classe" ? Textos perfeitos, sobre um país perfeito que se estendia do Minho até Timor...
A saudade desse tempo traz-nos à memória crianças alegres, livres e cheias de sonhos...


Lembram-se da Mocidade Portuguesa? Meninos bem vestidos, todos de uniforme e orgulhosos do império...
A saudade desse tempo traz-nos à memória jovens que fugiam para o frio da Europa ou viajavam num belo navio para o calor de África dar uns tiros aos insurgentes do império...


Lembram-se de quando Portugal era o bom aluno? Pois...raio da saudade...
É a saudade de quando Portugal era o bom aluno e daquela cinzenta e bela tarde de 24 de Abril de mil nove e setenta e quatro...
Ai a saudade...

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Maldito ISP!

Nos dias que correm poucas são as famílias que a cada semana não fazem as contas ao aumento do preço dos combustíveis.
Cada semana que passa, em Portugal atestar o depósito do automóvel lá de casa fica mais caro.



Se a cotação do petróleo sobe nos mercados internacionais, na semana seguinte os preços dos combustíveis à venda em Portugal sobem...
Se a cotação do petróleo desce...o reflexo nos produtos refinados não é imediato ou a relação entre o euro e o dólar absorveu a variação da matéria prima...dizem os revendedores...
Claro que a juntar a tudo isto há elevada carga fiscal praticada no nosso país sobre os produtos derivados do petróleo. 
Ainda agora no início do ano o governo atualizou o ISP (imposto sobre os produtos petrolíferos) de acordo com a inflação...


E graças à carga fiscal mais elevada em Portugal, abastecer o automóvel em Espanha é bem mais barato...
Claro que tudo isto pesa no orçamento das famílias, e por vezes verificam-se  situações extremas:


Durante o dia de ontem um individuo atingiu a sua esposa com 40 facadas, os mais desatentos dirão que é mais um caso de violência doméstica, no entanto não podemos ficar alheios às circunstancias: o ataque ocorreu num posto de combustível em Bragança.
Será que se este casal tivesse abastecido o automóvel em Espanha, apenas uns quilómetros ao lado, o marido teria reagido desta forma? Será que ao poupar alguns euros não ficaria mais calmo? 
Maldito ISP que até na estabilidade dos casais te intrometes! 

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Há dias maus...

Quando hoje se fala de televisão em Portugal, temos que obrigatoriamente falar dos canais disponíveis no serviços por cabo.
Quando falamos nesses canais, temos que obrigatoriamente falar em canais de informação.
E será possivel em 2018 falar de canais de informação em Portugal sem falarmos da CMTV?


Podemos gostar ou podemos detestar, mas uma coisa é certa : se há desgraça o SIRESP pode falhar, os bombeiros podem ser insuficientes, as forças de segurança podem ainda estar a caminho e o próprio Presidente da República pode estar ainda a cancelar a agenda para ir ao local...mas a CMTV está lá!
Talvez por isso liderem audiências neste segmento. 
O fim da semana que passou e o início desta semana pareciam ter tudo para aumentar o share do canal do grupo Cofina...


No sábado, em Tondela um incêndio nas instalações de uma associação recreativa provocou oito mortos...


No domingo Marcelo Rebelo de Sousa deslocou-se a Tondela confortar os familiares das vítimas da tragédia...(mais uma vez chegou depois da CMTV)!


Na segunda feira um sismo com epicentro perto de Arraiolos mostrou que o Alentejo merece um correspondente da CMTV a tempo inteiro porque lá também acontecem coisas...

Nesse mesmo dia à noite um jogo de futebol foi suspenso devido ao risco de derrocada de uma das bancadas, claro que a CMTV estava lá e só não entrevistou nenhuma das vítimas porque alguém teve o desplante de não retomar o jogo...
Infelizmente nem todos os dias podem contribuir para as audiências do canal da Cofina, porque afinal também há dias maus...


E por enquanto acompanhar em direto os funerais das vítimas do incêndio do passado sábado ainda não acrescenta muitos pontos aos níveis de audiência...